Pilha

 

Voltar

Pilha

(Tony Apolinário)

Pra onde foi a minha prole idealista?
E quem mais vai pagar o imposto de renda?
Já tenho dor na vista de tanto ver esbranquiçada.
No outdoor diz: aqui breve um prédio grande!
Crescimento urbano...

Pra onde irão nossos espaços?!
Onde estarão nossas reservas?!
Estarão fragmentadas ao capim do quintal
Lá de casa?!

Se alguém julgar tua atitude radical?!
Ou se surgir um profeta?!
Meu contracheque já não chega a alguns meses
E tem gente que acha que a geladeira lá de casa tá entupida...
Só se for de vento!

Não vou virar as minhas costas!
Vou me arriscar se for preciso!
Jabuticabas apodrecem...
Eu escuto Chopin, mas não tenho ouvidos!

Yapoatã, complexo terminal!
Yapoatã, dissonância lodaçal!