A Maracutaia de Maximiliano

Voltar

A Maracutaia de Maximiliano

(Tony Apolinário)

Essa maracutaia vai dar em maracatu
Maximiliano, eu já falei a tu!

Maximiliano e eu fomos à casa de Zefinha
Que já tava aprontadinha
Pra fazê num sei o quê.
Disse a menina, que na casa se Pai Tonho
Ia ter um matrimônio, mesa farta e xenhennhém.

Maximiliano ficou logo atiçado,
Me deixando aperreado,
Sendo um “serrote de festa”.
Mas eu lhe disse: nós num fomo convidado,
O zum-zum tá preparado
Se entrarmos de penetra.

Essa maracutaia vai dar em maracatu
Maximiliano, eu já falei a tu!

Chegando no recinto ficou logo entusiasmado,
Falou com o delegado, seu Genaro e Pai Tonho.
Avançou no bolo e no copo de cachaça,
Tava feita a desgraça
Que num ia ter tamanho.

Os capanga avistaram Maximiliano
Entupindo-se bolo e copinho de angu.
Da cartucheira arrancaram o trabuco,
Fio aquele vuco-vuco que deu em maracatu.

Essa maracutaia vai dar em maracatu
Maximiliano, eu já falei a tu!